Posts

Pré-treino rápido e proteico

O que você come antes do treino? As escolhas que você faz nessa hora tem relação direta com seu desempenho e resultados. Por isso, a nutricionista Alessandra Feltre vem, essa semana, com uma sugestão de pré-treino rica em proteína. O melhor de tudo: é superprático e rápido. Assim, você não tem motivos para não apostar nessa receita!

 

Pré-treino proteico

Veja o passo a passo desse preparo!
A receita completa está no final do post.

Agora você tem uma receita superdiferente e cheia de proteína para tomar antes do treino!

 

Alessandra Feltre veste:

 

Top Power Tiras Recortado Basic
Para atividades de baixo impacto, com bojo removível e alças finas. Proporciona liberdade de movimento e conforto térmico.

Calção Ultramax Stretch Basic
Indicado para corrida e tem bermuda interna com tecnologia Redtech, que ajuda na redução dos primeiros sinais de celulite.

Para conhecer esses e outros produtos, acesse tf.com.br.

Receita completa

Pré-treino proteico
Ingredientes:

  • 100 ml de bebida de castanha de caju e coco
  • 1 dose de whey protein hidrolisado de baunilha
  • 2 colheres de sobremesa de aveia em flocos
  • 2 colheres de chá de linhaça
  • 1 colher de sobremesa de pasta de castanha de caju
  • 1 colher de chá rasa de matcha

Modo de Preparo
Coloque todos os ingredientes em um liquidificador e bata até formar uma mistura homogênea. Coloque em uma taça e finalize com duas colheres de sobremesa de nibs de cacau.

 

Confira 3 receitas saudáveis de torradas com avocado para pós-treino

O avocado, parente menor e menos calórico do abacate, é uma ótima opção de alimento para corredores. “Rico em gorduras boas, o fruto é uma boa fonte de energia para o organismo, além de ter poder antioxidante”, explica a nutricionista Tatiana Ferraz [CRN3: 16963]. Esse “superpoder” do avocado reduz a carga glicêmica do corpo e consequentemente diminui a inflamação nas células, evitando possíveis lesões.

“Após um treino ou prova, a inflamação ocorre para promover o reparo do tecido. Se o atleta não possui uma boa defesa anti-inflamatória, o processo de recuperação pode ser muito lento, além de aumentar as chances de lesão e fadiga”, diz a nutricionista. E para incluir o avocado em sua dieta, não é preciso muito esforço. Confira a seguir três receitas de torradas com o fruto, ideais para o pós-treino:

1. Ovo poche com avocado

1 ovo
1 unidade de avocado, maduro, cortado em fatias
1 torrada de pão integral
500ml de Água
1 colheres (sopa) de vinagre branco
• sal a gosto
• pimenta-do-reino a gosto

Em uma panela média, coloque a água e o vinagre. Leve ao fogo baixo até que pequenas bolhas se formem no fundo (não deixe a água ferver). Mexa a água rapidamente com uma colher para formar um rodamoinho. Coloque o ovo no centro e continue a mexer em círculo delicadamente por cerca de 4 minutos ou até que a clara fique firme. Retire o ovo da água com uma escumadeira e coloque sobre um papel-toalha para secar completamente. Repita o processo com os outros ovos. Coloque o abacate e, por cima, o ovo poche. Tempere com o sal e a pimenta moída na hora.

2. Avocado com banana e amendoim

Espalhe 1/4 de um avocado no topo de uma torrada de pão integral. Acrescente 1/4 de xícara de uma banana picada, e 1 colher de sopa de amendoins torrados.

3. Morango mentolado

Espalhe 1/4 de um avocado em uma fatia de torrada de pão integral. Acrescente 2 morangos fatiados e um pouco de folhas de menta picadas.

Com tantas receitas gostosas, fica fácil encaixar o avocado na sua rotina alimentar e de quebra garantir que os músculos se recuperem bem depois dos treinos.

 

3 passos para facilitar a recuperação muscular após exercícios

Todo esportista busca por melhores resultados, inclusive os atletas amadores. E para obter maior rendimento, além de treinar com frequência, também é preciso usar métodos eficazes de recuperação muscular.

Já existem equipamentos no mercado que facilitam esse processo como botas infláveis que pressionam e resfriam a musculatura e estímulos elétricos. A tecnologia inclusive chegou aos tecidos das roupas fitness, como o Redtech®, da Track&Field®, desenvolvido em poliamida e fio Emana® de alta tecnologia, que ajuda na recuperação muscular e reduz a fadiga.

Mas além desses métodos, a Track&Field®, em parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, selecionou três passos fáceis, fundamentais e que dependem apenas de você na hora de ter um melhor desempenho. Com essas dicas, você estende a vida útil do seu exercício favorito e garante um corpo em forma por mais tempo:

Descanse e se alimente corretamente
Não há nada como um sono reparador e uma boa alimentação para nos proteger de uma perda de desempenho e lesões. Dê preferência a alimentos minimamente processadas, coloridos, com baixos índices de açúcar e gordura e de diferentes grupos alimentares. E não subjugue seu sono: durma pelo menos 8 horas por dia.

Varie seu treino
Além de ter estímulos específicos, atacando pontos mais exigidos no esporte que você escolheu (corredores, por exemplo, devem ter boa capacidade para saltar, tendo a impulsão e aterrissagem como ferramentas que refinam a sua técnica de corrida), é importante ampliar o seu repertório de movimentos. Isso fortalece a sua inteligência muscular.

Não use a recuperação muscular como tratamento de lesões
A recuperação muscular é indicada para atletas que buscam acelerar o metabolismo musculoesquelético, e não para tratar lesões. Ela deve diminuir os desconfortos e auxiliar na prevenção de lesões por sobrecarga.

Que tal aplicar esses passos na preparação para as próximas edições do circuito de corridas Track&Field® Run Series? Confira a programação aqui e se inscreva na etapa mais perto de você!

 

Exercícios e Treinos pós férias

O descanso foi mais do que merecido. Agora, os treinos viram rotina. Vamos começar o ano com exercícios de alta intensidade? Conheça alguns, que prometem queimar calorias e derreter as gorduras em pouco tempo:

  • Funcional fight: a modalidade é novidade e promete queimar muitas calorias, misturando lutas, como boxe e muay thai, e movimentos funcionais, como agachamentos, saltos, corridas e flexões de braços. Diferentes estímulos, que exigem maior esforço corporal e, consequentemente, trabalham mais grupos musculares, cardio e resistência. Uma aula queima de 600 a 800 calorias!
  • Crossfit: criado para melhorar o condicionamento físico dos soldados, o modelo de treinamento virou febre no mundo todo e envolve movimentos de levantamento de peso, ginástica olímpica e cardio. A aula é dividida em aquecimento, técnica e WOD (workout of the day), e melhora resistência cardiovascular e muscular, força, flexibilidade, potência, agilidade, equilíbrio, coordenação e velocidade. Queima, em média 800 calorias por hora.
  • Spinning: uma das aulas mais disputadas da academia, fortalece os membros inferiores, do abdômen e região lombar, desenvolve a função cardiorrespiratória e queima gorduras. O gasto energético varia de 500 a 700 calorias por hora.

O ano está só começando e já pede muita endorfina! Escolha a atividade que mais se identifica e comece a queimar desde já, com treinos de alta intensidade.

Pode vir, 2017! #MyTF