As influências holandesa, francesa e portuguesa fizeram da arquitetura de Recife eclética. Passando pelo clássico, o gótico e o barroco, a capital de Pernambuco agrada pelas variações de cores e de estilos. Conheça quatro locais para visitar na cidade e ainda aproveitar para suar a camisa com vistas para lugares únicos.

Foto: Divulgação

Rua do Bom Jesus

Localizada no bairro Recife Antigo, ligado ao resto da cidade por inúmeras pontes, a Rua dos Judeus, hoje conhecida como Rua do Bom Jesus, constitui um importante conjunto arquitetônico. O casario secular e supercolorido é um registro da arquitetura do período holandês no Estado. Vale conhecer o local caminhando ou correndo por seus paralelepípedos.

Foto: Divulgação

Oficina de Cerâmica Francisco Brennand

Além do Parque das Esculturas, próximo à Praça do Marco Zero, a família Brennand também tem outros dois locais na cidade onde expõem suas obras: o Instituto Ricardo Brennand e a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand. Nesta última há pinturas, painéis de azulejos e esculturas. Além de conhecer as obras, vale passear pelos jardins projetados por Burle Marx, ótimos para meditar ou praticar yoga.

Foto: Divulgação

Praça do Marco Zero

Ponto de origem da cidade, a Praça fica no coração de Recife. No centro do local é possível observar a obra Rosa do Ventos, do artista plástico pernambucano Cícero Dias, um dos pioneiros do modernismo no Brasil. É na Praça onde também estão construções seculares, como o edifício da Caixa Cultural Recife, erguido em 1912, onde antes funcionava a Bolsa de Valores de Pernambuco e da Paraíba. Com vista para o mar, o Marco Zero é um ótimo local para meditar ou se exercitar. Frequentemente é possível ver pessoas dançando frevo na Praça.

Foto: Divulgação

Ponte Mauricio de Nassau

Ela foi a primeira ponte de grande porte no Brasil, inaugurada em 28 de fevereiro de 1643, sob a administração do príncipe holandês Maurício de Nassau. A obra liga o bairro de Santo Antônio ao bairro do Recife antigo e é um bom caminho para quem deseja conhecer os bairros de Recife a pé ou de bicicleta, com vista para o Rio Capibaribe.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *